Passo a passo de reciclagem de quadros antigos

Lembra que fiquei com umas telas sem uso neste post AQUI.
Pois é…Como reciclar quadros antigos ou sem uso???
A minha sugestão de hoje já vem com um passo a passo de fotos bem autoexplicativas.
quadroreaproveitadoprocesso
Na primeira imagem temos a tela sem uso.
Daí, você deve escolher uma frase, imprimir, colar a impressão no adesivo em vinil e recortar as letras. (segunda imagem).
Próximo passo é colar as letras na tela. (terceira imagem)
E á quarta etapa é cobrir tudo com tinta spray na cor desejada. (quarta imagem).

Depois que secar a tinta (espera secar bem, hein?!) é só descolar as letras em adesivo e olha só o resultado…
Quadroreaproveitadofinal
Gostou do resultado? Não é fácil???
Agora é só procurar umas telinhas sem uso e usar a técnica, né?
Bjo e até…

Anúncios

Dica de presente bacaninha…

Sabe quando temos aquele aniversário para ir e não encontramos presente adequado para o aniversariante???
Nessas horas eu sempre penso que presentear com artesanato pode agradar pelo ineditismo, né não?
Bom, eu acho pelo menos…hehehehehehehe
Ficou pronta uma peça do ateliê que eu adoro. Já falamos desta ideia AQUI. Mas, a diferença dessa peça para aquela do outro post, é que ela pode ser sua ou ainda melhor pode ser de algum aniversariante que você conheça…

Vendida!!!
recados3jpg

recados2jpg

Pintura com alma brasileira

Já falei aqui que o sítio Beatriz é um espaço de lazer e de experimentação, né?
Lá, podemos liberar o lado “arteira” sem medo de fazer sujeira ou de errar…
Na última que aprontamos, eu e Débora, a ideia era aprender a pintar a parede com a técnica de caiação…
E venhamos e convenhamos, nada tem mais alma brasileira que uma parede caiada, diz aí?!
Primeiro temos que peneirar a cal:
cal2

Depois é hora de escolher a vítima, ops!, o alvo…Escolhemos o banheiro da churrasqueira, aquele mesmo com a janela de garrafas de vidro que já falamos aqui
Olha a foto do antes:
antes

Só que queríamos o teto branco (basta a mistura de cal peneirada com água e óleo) e as paredes coloridas…E para colorir a “tinta” escolhemos…Barro vermelho, ué?! Assim, a pintura que já tem alma brasileira adquiri um quê de permacultura também…
Olha o barro aí minha gente.
2terra

E daí que é pintar a parede e deixar os problemas de lado…
2durante

O resultado logo após a pintura é de um aspecto meio manchado (não feio, apenas manchado) como podemos ver nas duas primeiras fotos. Mas, no dia seguinte, após a secagem completa, a pintura se regulariza e fica bem melhor como podemos ver nas fotos de baixo.

2depois

E assim, temos esse resultado!
banheirogrand_certo

E o sítio Beatriz, que nos permite tantos momentos de aprendizagem e lazer, fica cada vez mais lindo…
beatriz

Sobre pessoas coloridas!!!

Depois que comecei esse blog, tenho recebido várias ideias de artesanato/reciclagem via Facebook e isso é muito legal, pois nem sempre eu tenho tempo de olhar todas as páginas que curto. Acho que isso mostra que lá no fundo dessa vida virtual, ainda existe o carinhoso “lembrei de você” sem necessidade de mais palavras 🙂

Sempre recebo essas ideias compartilhadas das minhas amigas de faculdade. A vida corrida afasta, mas o Facebook tenta devolver um pouco de carinho, né não?

Esses dias tinha uma mensagem de uma dessas amigas, contando de um móvel que estava meio “abandonado” na garagem dela sem ter muita utilidade e que ela queria me doar para ver se não conseguia reaproveitar em casa ou em outro lugar. EBA!!! Lógico que quero, né?!

Marido deu um jeito de pegar o móvel no prédio da amiga e ele chegou em casa assim…
blog 009

blog 010

E eu fiquei um bom período olhando para o móvel, tentando pensar em como ele deveria ser…
Foi o jeito que encontrei de homenagear a doadora, para que além de história, ele levasse também um pouquinho dessa boa vibe para a nova casa que terá…

Um pouco de pessoa em um móvel? Será?!?!

Briefing – Essa minha amiga é uma pequena grande mulher, que tá sempre com sorriso “maior do mundo” no rosto. É uma baixinha de uma força comovente que de tão engraçada, você já começa a rir só dela chegar na roda de papo. Sabe aqueles espécimes que colorem o ambiente mais triste e sem graça só com a presença????
A Drinha é assim, uma pessoa colorida que tive o enorme prazer de conviver durante o período da facul.
Tá, depois desse briefing “puxa-saquismo puro” o que você tem para nos mostrar?

Um móvel, com função renovada e COR
Móvel de pessoa colorida!
Ele virou um banco, cheio de detalhes e desenhos. Quer para você? marthanucci1@hotmail.com

2
Gostou?!?!?
3
1

Reaproveitando um trabalho feito nas coxas…

A origem da expressão popular acima “feito nas coxas” vem do período da escravidão e da necessidade de fabricação de telhas. Sem opção de “molde” para dar formato ao barro, os donos das construções utilizavam as coxas dos escravos para criar o formato arredondado da telha. E como cada escravo tinha seu porte físico (e sua coxa!), as telhas nunca saiam do mesmo tamanho.
Com a irregularidade das telhas, os telhados ficavam desnivelados. E é por isso, que toda a vez que alguém executa um trabalho sem muito capricho, nós dizemos que a tarefa foi feita “nas coxas”.

Até aí, beleza! Sem mais problemas…Mas, e o tal do reaproveitamento do trabalho feito nas coxas???

Acontece que eu acho essa tal “telha de coxa” um trabalho muito do bem feito!
A telha tem uma senhora personalidade e soma muitos pontos comigo: cor (20 pontos), acabamento rústico (40 pontos), padrão irregular (40 pontos) e é um item antigo (100 pontos). Isso soma um material com 200 pontos na escala do reaproveitável…hehehehehehe

Certa vez, encontramos (eu e Débora) umas unidades perdidas lá no sítio Beatriz…E aqui tá o resultado desse reaproveitamento.

10_4_13 050
10_4_13 043
As telhas bonitas ganharam a função de enfeites da casa da Débora. Gosto muito!
E vc? Comenta aí…

Mesinha lateral + baú esconde bagunça!!!

Pessoal,
Saiu uma mesinha/baú de mosaico do forno…
É um “tambor” revestido de tecido e com mosaico na tampa, que serve para esconder as baguncinhas diárias ou para guardar aquela mantinha de cobrir as pernas na sala de TV nesse outono/inverno…Ahhh! Sentada no sofá com pés cobertos, boa leiturinha e um chocolate quente…Pode ser agora?!?!?!
Tem rodízio e pode ficar perfeita de mesa lateral aí na sua casa!!!
10_4_13 041
Olha só o espaço que temos para esconder bagunça…
10_4_13 040
Quer para você???? R$ 250,00 + frete

Tronco, toco, galhos e afins…

Tem uma onda de reaproveitamento de tronco de madeira nos blogs e páginas de artesanato e reciclagem que eu acompanho. E pra ser bem sincera, EU ADORO!

É um material vem versátil que aceita muita criatividade…

Seguem algumas ideias que andei vendo por aí:

Relógio bacana!

AT_ideiarelogio2

Mesa de tronco com passo a passo.

troncomesa

Case para presentear amigo enólogo…

case vinho

Mesinha lateral mega charme.

mesinha tronco

Banquinhos interessantes…

Bancotronco

Eu tenho visto coisas muito fofas e sempre fico com vontade de executar alguns desses projetos. Mas, tem que ser bonito, tem que combinar com o cafofo e principalmente tem que ser útil.

Eu até já mostrei a ideia da prateleira que fiz para o sítio Beatriz neste post AQUI

Acontece que eu e o Hernán queríamos colocar um comedouro de passarinhos no quintal.

Já rolava até um saquinho de comida para os bichinhos adquirido na última visita ao Pet Shop para abastecimentos do Mingau.

Mas, como fazer um comedouro bacana e que combine com o nosso espaço???

Vi um tronco grandão no meio da lenha que trazemos do sítio Beatriz. Ele era bonitão, cheio de nós e pontinhas interessantes.

Do sítio, furtei também um antigo recipiente talhado em madeira que fazia parte de um moedor de grãos de lá…

E daí que a lixa, o verniz Osmocolor e uma pá cavadeira fazem milagres quando temos força de vontade.

E olha aí o comedouro show que nasceu!

9_4_13 107

Detalhe para a ração que já está a espera das visitinhas e ela ao lado do carrinho reciclado da reforma no quintal que virou uma jardineira…

9_4_13 110 9_4_13 111

Mingau vai verificar o novo elemento…

9_4_13 114

Tá aí! Mais uma ideia com utilização de madeira…E essa, no meu quintal amado!